Close

Not a member yet? Register now and get started.

lock and key

Sign in to your account.

Account Login

Forgot your password?

Construir o Presépio – Noite de Natal

24 Dez Geral | Comments
Construir o Presépio – Noite de Natal

Noite de Natal

Leitura: Lc 2, 1-14

Evangelho de Nosso Senhor Jesus Cristo segundo São Mateus
“Naqueles dias, saiu um decreto de César Augusto, para ser recenseada toda a terra. Este primeiro recenseamento efectuou-se quando Quirino era governador da Síria. Todos se foram recensear, cada um à sua cidade. José subiu também da Galileia, da cidade de Nazaré, à Judeia, à cidade de David, chamada Belém, por ser da casa e da descendência de David, a fim de se
recensear com Maria, sua esposa, que estava para ser mãe. Enquanto ali se encontravam, chegou o dia de ela dar à luz e teve o seu Filho primogénito. Envolveu-O em panos e deitou-O numa manjedoura, porque não havia lugar para eles na hospedaria. Havia naquela região uns pastores que viviam nos campos e guardavam de noite os rebanhos. O Anjo do Senhor aproximou-se deles e a glória do Senhor cercou-os de luz; e eles tiveram grande medo. Disse-lhes o Anjo: «Não temais, porque vos anuncio uma grande alegria para todo o povo: nasceu-vos hoje, na cidade de David, um Salvador, que é Cristo Senhor. Isto vos servirá de sinal: encontrareis um Menino recém-nascido, envolto em panos e deitado numa manjedoura». Imediatamente juntou-se ao Anjo uma multidão do exército celeste, que louvava a Deus, dizendo: «Glória a Deus nas alturas e paz na terra aos homens por Ele amados».”

Palavra da salvação.

Silêncio

(Colocar o Menino Jesus no presépio)

Comentário:

A nossa espera terminou! Nesta noite somos convidados a contemplar o presépio. Somos convidados a contemplar a Grande Luz (Is 9, 1) Na noite da família vamos deixar-nos interpelar por esta família pobre e humilde de Nazaré… é nesta simplicidade que Deus se revela. É nesta simplicidade que Deus vem ao nosso encontro.

No filhinho de Maria, Deus estende-nos as suas mãozitas carentes de afeto, de ternura, de carinho… Deus precisa de mim, do meu abraço, do meu colo… ou será que Ele quer vir ao meu colo para me abraçar, para me manifestar todo o seu amor por mim?

Quando a mãe pega no filho ao colo, é verdade que a criança sente-se aconchegada, segura e confortável… mas a mãe sente um prazer imenso!

Ao fazer-se um de nós, ao estender-me os seus pequeninos braços frágeis e ternos, o Menino do Presépio apenas me pede que o aceite na minha vida, que me deixe amar por Ele, que me deixe contagiar pela sua ternura, pelo seu amor.

O Filho de Deus veio para morar connosco e em nossos corações; para nos encher com a sua graça e dar sentido ao nosso viver. Seremos capazes de o aceitar, de deixá-Lo entrar na nossa vida, de permitir que seja Ele a conduzir os nossos passos?

Enquanto cantamos, vamos pegar neste Menino, vamos acolhê-lo nos nossos braços e, como os pastores e os magos, manifestar-lhe com um simples olhar ou mesmo com um beijo o nosso carinho, a nossa adesão ao seu projecto, a nossa disponibilidade para segui-lo, a nossa determinação em deixar-nos amar por Ele.

Cântico:

Vinde todos à porfia

PDF:construindo-o-presepio-noite-de-natal

construindo_o_presepio