Close

Not a member yet? Register now and get started.

lock and key

Sign in to your account.

Account Login

Forgot your password?

Construindo o Presépio – Semana 2

02 Dez Geral | Comments
Construindo o Presépio – Semana 2

Semana 2 – Preparai o caminho do Senhor

Cântico
Monição:

Nesta segunda semana do Advento somos chamados a refletir sobre a nossa vida: as escolhas
que fazemos e os frutos que geramos.
A vinda do Menino interpela-nos e convida-nos a assumir radicalmente o seu projeto de
amor.
Tal como os pastores não ficaram indiferentes ao chamamento dos anjos e foram a correr ao
encontro do Menino, também nós não podemos deixar de O acolher, aceitando o seu desafio à
transformação pessoal.
(Colocam-se os pastores no presépio)

Leitura: Mt 3, 1-12

Evangelho de Nosso Senhor Jesus Cristo segundo São Mateus
“Naqueles dias, apareceu João Baptista a pregar no deserto da Judeia, dizendo: «Arrependei-vos,
porque está perto o reino dos Céus». Foi dele que o profeta Isaías falou, ao dizer: «Uma voz
clama no deserto: ‘Preparai o caminho do Senhor, endireitai as suas veredas’». João tinha uma
veste tecida com pêlos de camelo e uma cintura de cabedal à volta dos rins. O seu alimento eram
gafanhotos e mel silvestre. Acorria a ele gente de Jerusalém, de toda a Judeia e de toda a região
do Jordão; e eram baptizados por ele no rio Jordão, confessando os seus pecados. Ao ver muitos
fariseus e saduceus que vinham ao seu baptismo, disse-lhes: «Raça de víboras, quem vos ensinou
a fugir da ira que está para vir? Praticai acções que se conformem ao arrependimento que
manifestais. Não penseis que basta dizer: ‘Abraão é o nosso pai’, porque eu vos digo: Deus pode
suscitar, destas pedras, filhos de Abraão. O machado já está posto à raiz das árvores. Por isso,
toda a árvore que não dá fruto será cortada e lançada ao fogo. Eu baptizo-vos com água, para
vos levar ao arrependimento. Mas Aquele que vem depois de mim é mais forte do que eu e não
sou digno de levar as suas sandálias. Ele baptizar-vos-á no Espírito Santo e no fogo. Tem a pá na
sua mão: há-de limpar a eira e recolher o trigo no celeiro. Mas a palha, queimá-la-á num fogo
que não se apaga».”
Palavra da salvação.

Comentário:

João Baptista percorria o deserto, anunciando a chegada do Messias, e apontava a necessidade de conversão e arrependimento em relação às más escolhas que afastavam o povo de Deus.
João convidava à conversão de todos. Por um lado, daqueles que se julgavam eleitos por Deus, mas cujas ações eram ocas e não refletiam uma adesão autêntica ao Seu projeto. Por outro lado, daqueles que estavam à margem e não conheciam Deus.

Nos pastores do presépio podemos perceber um exemplo concreto desta transformação, apesar da sua condição de excluídos da sociedade.

Os pastores passavam a noite ao ar livre a guardar o seu rebanho. Eram estranhos, tidos até como gente a evitar por serem meio selvagens e até perigosos. Estavam pouco acostumados à relação com as pessoas das aldeias e das cidades. Habituados a viver à margem, achavam que as regras não eram para eles, o que os levava, muitas vezes a roubar e a invadir propriedades alheias com os seus rebanhos.
No campo religioso, a lei de Moisés, que toda a gente fazia esforço por cumprir, também não lhes dizia nada.
Mas é precisamente a estas pessoas marginalizadas que os anjos anunciam em primeiro lugar o nascimento do Menino. Mal ouvem a notícia, correm à procura do salvador anunciado e são capazes de O reconhecer na figura simples e terna do Menino do presépio.
Deus revela-se aos corações simples, aos marginalizados, aos fora-da-lei, que se deixam transformar e interpelar por ele.
Também nós, neste Advento, somos chamados a esta conversão para irmos ao encontro do Menino, tal como os pastores.

  • Que caminho tenho feito para receber o Menino que vai nascer?
  • Nas minhas decisões procuro perceber e aceitar o plano de Deus para a minha vida?
  • Vivo a minha Fé em Cristo de forma automatizada, mecânica, oca? Ou dela resultam ações concretas e que me comprometem?

Pai-nosso
São João

Acção:

Vou dedicar 1 hora desta semana para aprofundar a minha consciência e participação cívica.
Esta semana vou estar atento à realidade que me rodeia (política, social, económica). Vou perceber que faço parte de uma comunidade com problemas, necessidades, potencialidades.
Vou procurar descobrir de que forma a minha participação ativa pode transformar de forma positiva essa realidade.
Vou rezar pelos nossos governantes e decisores políticos, para que a sua ação se centre no respeito pela dignidade da pessoa.

PDF: construindo-o-presepio-semana-2a

construindo_o_presepio